Ocupação Adelina


2016

#ocupaçãoadelina

O que é a Ocupação Adelina?

Ocupar um espaço é sempre pensar na questão de posse e pertencimento. O espaço ocupado por artistas é uma das formas que pensamos para mostrar às pessoas a ideia e o conceito da nova galeria que estamos criando em São Paulo.

Adelina, mãe de Fábio Luchetti, incentivou os filhos a olhar cultura, educação e as artes – especialmente a literatura – de outra forma. Adelina sempre foi uma mulher forte e que soube lidar com as questões mais intensas da vida. Eu, particularmente não conheci a Adelina que se foi muito cedo, mas sei que tudo isso que esteve na vida dela se comunica no seu nome, um nome poderoso, de presença, feminino e ao mesmo tempo delicado. A Adelina Galeria tem como um dos seus objetivos centrais a discussão contemporânea da arte em vários meios, e também tem uma intensa ligação com formação de público.

Trouxemos 12 artistas para intervirem no espaço antes da reforma, dando oportunidade para que o público conheça a face mais experimental de cada um deles. As obras de arte aqui instaladas falam de temas variados, e cada um apresenta um pedacinho dos seus trabalhos, suas trajetórias. O projeto da Adelina Galeria é uma constante e ele depende das pessoas, de você. Foi para isso que criamos este evento pop-up de ocupar um espaço sem refino e acabamento necessário; mas que conversa conosco, que nos abraça, nos traz pra dentro do prédio, e que nos faz refletir.

Veja fotos da ocupação

Artistas Participantes:

Andrei Thomaz
Cristina Suzuki
David Magila
Érica Kaminishi
Tatiana Stropp
Felipe Bertarelli
Felipe Seixas
Rodrigo Linhares
Thiago Toes
Stephan Doitshinoff